7 coisas que você não sabia sobre o Miojo

A China é campeã em consumo

30-600x399

Essa pode até não ser grande novidade, já que o macarrão foi inventado no Japão, país vizinho, e é vendido nas ruas, da mesma forma que o churrasquinho no Brasil, mostrando a afeição do povo pelo alimento. De acordo com a Associação Mundial do Macarrão Instantâneo, o país consome mais de 45 bilhões de pacotes por ano, a maioria da marca Tong-Yi.

E o Japão acha que o lámen foi sua melhor invenção

q

Em 2000, o Instituto de Pesquisas Fuji descobriu que os macarrões instantâneos são a invenção que traz mais orgulho aos japoneses, que acreditam que essa autêntica não é apenas local, mas popular mundialmente, até mais do que sua tecnologia ou arte.

Existe um museu temático no Japão

1

Momofuku Ando, que citamos anteriormente, recebeu uma homenagem bastante especial: um museu que mostra várias de suas obras, o Museu Cup Noodles, onde, é claro, você pode até testar sabores e combinações novas.

Alimento preferido dos presidiários

32

O que seria melhor no fim do dia do que um macarrãozinho? Por isso mesmo, um dos oficiais da prisão de Rikers Island, em Nova York, afirma que o Cup Noodles é campeão como alimento no local.

Não é só “salzinho”

111

Além de destruírem completamente o equilíbrio de sal no seu sangue, os sachês de tempero também têm substância de seu sabor original. Por isso, os sabores de carne e frango (ao menos da Nissin Americana) vêm com gordura dos respectivos animais na receita, o que não os faz vegetarianos. A refeição pode ser comprada por 35 centavos de dólar.

Era coisa de rico

salsicha

Nas circunstâncias do pós da Segunda Guerra Mundial, muita gente estava com dificuldades para plantar e comer. Com terras destruídas, transportes e dinheiro faltando, a saída que Momofuku Ando encontrou foi criar um macarrão que não se deteriorasse rapidamente e pudesse ser consumido com facilidade.

Com isso, em 1958, criou o protótipo do lamen atual, o “Chicken Ramen”. Na época, custava 6x mais que macarrão convencional, o que o fazia, curiosamente, um item de luxo.

Space Ram?

9

Não contente em ser popular na Terra, Ando elaborou, em 2005, o Space Ram, que, como o nome sugere, foi feito para ser preparado e comido no espaço. É embalado a vácuo, com pedaços menores e caldo mais consistente, para ser usado pelo astronauta japonês Soichi Noguchi em sua viagem com o ônibus espacial Discovery.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES