A partir de DNA, tecnologia reconstrói e expõe rosto de quem jogou papel no chão

Hong Kong realmente está buscando limpar suas ruas de mal educados. Uma ONG conhecida do local, em parceria com agência de publicidade, está promovendo cartazes com alta tecnologia que mostrem quem jogou algum papel no chão.

O sistema funciona da seguinte maneira: após alguém jogar o lixo no chão, uma lata vai identificar o DNA da pessoa que ficou no papel em que ela estava tocando, assim, um computador faz uma reconstrução facial (que não é perfeita, mas ajuda) do cidadão que suja as ruas de Hong Kong.

Todas as fotos serão expostas em placas, para o mal educado passar vergonha diante de toda a população.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES