Atraso faz metrô romper contrato e obras da linha 4 – amarela são paralisadas

O governo de São Paulo decidiu cancelar o contrato com o consórcio responsável pela construção das estações na Linha 4-Amarela do Metrô, que começou a ser construída em 2004.

A Linha 4 tinha previsão de ser concluída no ano passado, mas com a rescisão do contrato, não há nova data para a entrega da linha, que vai ligar a Estação da Luz ao centro da cidade e à Vila Sônia, na zona oeste. A paralisação ainda suspende as obras em andamento nas Estações Higienópolis/Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo/Morumbi e Vila Sônia.

metro-4

Tudo isso significa mais espera para quem mora ou trabalha na região e pretende reduzir o tempo de viagem no transporte público, ou mesmo abandonar o carro.

tá serto

De acordo com o governador Geraldo Alckmin , o Estado se viu obrigado a cancelar os dois contratos por causa de atrasos na execução dos serviços. “Lamentavelmente, o consórcio não conseguiu fazer as obras, e não há como esperar mais. Então, nós estamos fazendo a rescisão contratual. O consórcio será duramente penalizado, e a obra será relicitada”, afirmou o governador.

A licitação para escolha das novas empresas só começará em um mês, e assim, as obras devem ser retomadas no final deste ano ou no começo de 2016.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES