Bares esperam lucro de 15% por conta dos ônibus durante a madrugada

O início da operação de uma rede de transporte noturna na cidade de São Paulo deve beneficiar uma série de setores da economia da capital paulista. A regional paulista da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, por exemplo, prevê alta de 15% no faturamento do setor. A Abrasel/SP acredita que a medida deve compensar a perda de clientes neste horário provocada pela Lei Seca, oferecendo uma alternativa para aqueles que antes não teriam como voltar para casa sem recorrer a táxis. A rede de transporte noturno terá 50 linhas estruturais, 101 linhas locais, 32 terminais e 160 conexões. Os ônibus terão horários definidos e monitorados, e um aplicativo poderá mostrar ao usuário onde estão os ônibus e a que horas passarão nos pontos próximos e que roteiros seguirão.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES