Chuva forte deixa SP em estado de atenção

As chuvas na tarde desta terça-feira (8) causaram um transtorno gigantesco na cidade de São Paulo. A tempestade complicou o trânsito e a circulação dos trens da CPTM e do Metrô, causou diversos pontos de alagamentos, o transbordamento de córregos, queda de árvores, ventania, raios, relâmpagos e trovões por todos os lados.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências, a capital teve o dia mais chuvoso do ano.

Foto mostra chegada de temporal em Limeira e fez sucesso na web (Foto: Sidney Dibbern)

Mar de nuvens em Limeira -SP

Os bombeiros informaram que cerca de 64 árvores despencaram na cidade e na Região Metropolitana. Também houve, na capital, registro de sete desabamentos de muros, telhados e até queda de barranco.

Árvore caída na Vila Madalena

Por volta das 18h30, a cidade registrava 29 pontos de alagamentos, cinco deles intransitáveis. Havia alagamentos também na Marginal do Tietê e na do Pinheiros, e antes das 15h São Paulo já estava em estado de atenção.

Alagamento toma sessão inteira da rua Agreste de Itabaiana, na Zona Leste de São Paulo, durante chuva que atinge a capital paulista (Foto: Gero/Estadão Conteúdo)

Alagamento na Zona Leste

De acordo com a CET, a cidade já tinha 184 quilômetros de congestionamento às 18h30. Mais de 50 semáforos estavam quebrados ou em amarelo piscante. Além disso, diversos bairros da zona norte e da zona oeste da capital e dos municípios na Região Metropolitana ficaram sem luz por causa do temporal.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES