Eita! Tirar selfies mata mais que ataques de tubarões

Você já viu que selfies e ‘pau de selfie’ podem ser perigosos… Muito perigosos. E aqui vai mais um caso para comprovar o que estamos dizendo. Um turista japonês, de 66 anos, morreu após cair das escadas do Taj Mahal – monumento de 73 metros de altura que fica em Agra, na Índia –  ao tentar fazer uma foto no topo do local.

Kevin-Hart-What-GIF

Essa é a 12ª morte causada em 2015 por alguém que tentou tirar uma selfie. Segundo um levantamento do site Mashable , o número é maior que as mortes registradas por ataques de tubarão. E pode até parecer piada, mas infelizmente não é.

 As mortes servem como um alerta para os aventureiros: focar na tela de celular em vez do ambiente que você está não é nada seguro. Quatro das mortes causadas por selfie neste ano, como a do turista japonês, foram por quedas de grandes alturas. Não está claro se casos como esses estão aumentando, mas cada vez mais fotos de pessoas em situações arriscadas são compartilhadas nas redes sociais.

selfie

Para você ter uma ideia da gravidade da situação, diversos parques foram fechados por tentativas de fazer selfies com ursos, e corridas de touros precisaram proibir as selfies. Sem saber até onde as pessoas iriam para registrar uma foto memorável, muitos pontos turísticos baniram o pau-de-selfie.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES