A origem do dia primeiro de abril

O dia 1º de abril, mais conhecido como o Dia da Mentira, sempre dá o que falar, né? Afinal, todo mundo quer pregar uma pegadinha em alguém, aproveitando a data mais do que oportuna! 

Tudo começou na França, no reinado de Carlos IX (1560-1574), onde desde o começo do século XVI, era comemorado o ano novo no dia 25 de março, devido a chegada da primavera. As comemorações tinham direito a festas com bailes e até troca de presentes, que duravam uma semana e iam até o dia 1º de abril.

Em 1562, o papa Gregório XIII  criou um  novo calendário chamado de Gregoriano, onde o ano novo seria comemorado no dia 1º de janeiro. O problema é que o rei francês seguiu esse calendário apenas dois anos depois da mudança, e mesmo assim, alguns franceses resistiram à data e continuaram suas comemorações na data antiga. 

Por esse motivo, algumas pessoas começaram a gozar e ridicularizar esse apego dos conservadores, enviando presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Eles então, começaram a ser chamados de “Bobos de Abril” e com o tempo, a brincadeira se espalhou pelo país e cerca de 200 anos depois, chegou até a Inglaterra, até se espalhar pelo mundo. 

 

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES