Escolas liberam alunos mais cedo por conta da greve dos professores

Os professores das escolas estaduais de São Paulo iniciaram uma greve há oito dias e a paralisação tem afetado o rendimento dos alunos. Isso porque as unidades escolares tem dispensado os alunos mais cedo por não tem professores para cobrir a grade.

Por serem escolas de ensino fundamental, a entrada dos alunos em seus respectivos  horários de aula não pode ser barrada e, por conta disso muitas crianças permaneceram nas salas de aula, porém sem receber orientação dos professores, enquanto algumas escolas chegou a dispensá-los até duas horas mais cedo do que o horário normal.

A greve se dá porque os professores pedem reajustes salarial de 75,33%  para, de acordo com o sindicato, obter a equiparação salarial com as demais categorias com formação de nível superior.O piso salarial dos professores estaduais, que tem a data-base em março, é de R$ 2.415,89, valor 25,95% superior ao piso nacional (R$ 1.917,78).

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES