Em trecho de livro, Andressa Urach revela que cobrava 15 mil por programa

Andressa Urach lançará sua biografia oficial este mês, mas o jornal Daily Mail teve acesso a alguns trechos do livro, onde Andressa conta que se prostituía e cobrava cerca de R$ 15 mil por duas horas de programa, e ainda conta que já teve caso com Cristiano Ronaldo.

Confira alguns trechos divulgados:

“Eu transformei meu corpo em uma peça barata de merchandising. Eu abri minha intimidade para centenas ou até milhares de homens nos meus 27 anos de vida. Protagonizei as cenas mais humilhantes para qualquer ser humano. Eu encontrei satisfação em infligir e receber dor em atos sexuais. Eu estava obcecada com o prazer em ser submissa e joguei fora minha honra como um pedaço de lixo”.

 ANDRESSA

Em outro trecho divulgado, Urach conta como funcionava o esquema de prostituição.

“Eu me tornei, infelizmente, uma das prostitutas mais desejadas e caras do Brasil. Eu fazia presença em casas noturnas. Se tivesse um cliente interessado em me pagar para ter sexo, o negócio era feito ali com o gerente da boate. Tudo era autorizado por mim. Eu dava um sim ou não para cada proposta antes de fechar o negócio. Eu cobrava R$ 15 mil. Mas tinha uma regra rígida. Jantar, fotos ou vídeos não eram permitidos. Eu ficava apenas duas horas dentro do quarto de hotel e o pagamento tinha de ser feito antes do ato sexual”.

ANDRESSA-URACH

Nomeado “Morri para Viver – Meu Submundo de Fama, Drogas e Prostituição”, o livro será lançado no final de agosto.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES