Hacker que vazou um álbum da Madonna antes da hora é condenado a 14 meses de prisão

Para a felicidade de Madonna, o hacker de Israel Adi Lederman, que vazou clandestinamente faixas do seu álbum “Rebel Heart” foi sentenciado nesta quinta-feira (9) e vai pagar 14 meses de prisão pelo crime cometido.

Na época a cantora ficou enfurecida, claro, pois foi totalmente prejudicada quando suas músicas do álbum ainda não finalizado, começaram a chegar à Internet.

Quando o disco chegou às lojas em março deste ano, todas as faixas já haviam sido ouvidas pelo público. Isso atrapalhou nas vendas e o álbum não conseguiu pegar o nº1 da Billboard 200.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES