Funcionários do Metrô e da CPTM não entram em acordo com governo e paralisação pode acontecer

Na tarde de ontem (25) metroviários e ferroviários se reuniram com os representantes do governo estadual para entrarem em acordo sobre reajuste salarial, o que não aconteceu.

Uma nova reunião é marcada para hoje, às 10 da manhã, apenas para a CPTM. A reunião do governo com o METRÔ foi marcada para dia 1º de junho.   Caso não haja acordo novamente, será confirmada a paralisação do METRÔ e da CPTM nos próximos dias.

Os metroviários protestam pedindo reajuste salarial de 9,49% acima da inflação. Segundo metrô, até agora ninguém chegou em acordo com o governo, pois o único reajuste oferecido foi de 7,29%.

Já os ferroviários, pedem reajuste acima da inflação de 7,89%, mais 10% de ajuste real. A CPTM só ofereceu reajuste de 6,65%.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES