Funcionários que filmaram autópsia de Cristiano Araújo são indiciados pela justiça

Fotos e gravações do corpo de Cristiano Araújo foram publicadas na internet por funcionários de hospital. O vídeo mostrava o momento da autópsia do cantor, mas a justiça já indiciou ambos por “vilipêndio ao cadáver”, crime que consiste em “profanar, desrespeitar, ou ultrajar” um corpo.

A clínica que realizou a autópsia no cantor lançou uma nota oficial para a imprensa alegando que “repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens”.

Caso os funcionários sejam condenados, eles podem pegar três anos de reclusão, podendo converter a pena em trabalho comunitário.

Cristiano Araújo faleceu após acidente de carro na última quarta-feira(24).

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES