As piores coisas de se trabalhar no Facebook

Para aqueles que achavam que a oportunidade de trabalhar no Facebook era uma grande vantagem, sentimos informar, mas nem tudo são flores. De acordo com os próprios funcionários, há muitos pontos negativos a serem levados em conta, coisas que o profissional só vai saber depois de ter entrado na empresa.

O engenheiro Keith Adams, do time de inteligência artificial do Facebook, abriu uma consulta pública no Quora para desvendar essas questões.  Ali, outros funcionários (alguns até anônimos) resolveram desabafar as dificuldades encontradas no Facebook .

Em geral, as reclamações eram sobre a organização da empresa. Adams, por exemplo, conta que durante situações de emergência, os engenheiros têm que estar disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e não há feriado ou fim de semana que impeça o Facebook de chamá-los.

Um funcionário disse ainda que não existe um espírito de profissionalismo dentro da empresa, pois o Facebook encoraja os funcionários a serem “eles mesmos”. Outro destaca que os funcionários são estimulados a pensar individualmente, e não em grupo. Isso acontece, inclusive com os gerentes, que deveriam fazer justamente o contrário.

Um outro ex-colaborador chamou a atenção para o fato de o Facebook ainda agir como se fosse uma startup, mesmo sendo uma das maiores companhias de tecnologia do mundo. “É mais ou menos como aquele filme com Adam Sandler em que ele é velho, mas tenta agir como adolescente”,reclama.

O Business insider separou 22 coisas ruins sobre o Facebook, e a discussão completa você pode acessar aqui.

Por Jessica Di Risio

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES