Mais de 4 mil motoristas de São Paulo serão investigados por irregularidades na CNH

O Detran, Departamento Estadual de Trânsito, descobriu um esquema de fraudes na emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e encontrou irregularidades envolvendo cerca de 4.900 pessoas em cidades do interior do estado. Elas tiveram as habilitações suspensas e poderão responder por fraude e falsidade ideológica.

De acordo com o Detran, a compra da CNH custaria até R$ 6 mil, e o esquema teria movimentado R$ 10 milhões. Cerca de doze funcionários do Departamento de Trânsito foram afastados por suspeita de participar das fraudes nas cidades de Jundiaí, São Caetano, Sumaré, São Vicente, Laranjal Paulista e Valinhos.

Um dos beneficiados do esquema seria Malcom, jogador do Corinthians. O atacante teria tirado sua CNH apenas 20 dias depois de completar 18 anos. O processo todo, seguindo o cronograma de exames, aulas teóricas e práticas, leva em média cerca de 3 meses. Quando o Detran levantou as informações no sistema, ele identificou uma série de irregularidades no processo do jogador. Malcom negou ter comprado a CNH, e não deu mais informações sobre o assunto.

malcom

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES