Ministro da educação diz que cotas são necessárias enquanto houver racismo no Brasil

Ministro da educação, em entrevista ao site G1, afirmou que ações de cota são necessárias enquanto houver racismo e preconceito no Brasil. Roberto Janine, que completou um mês como ministro da educação em São Paulo, disse que a desigualdade que resulta da discriminação de negros e indígenas, é uma realidade.

O ministro afirma que as cotas são extremamente importantes em países que a tolerância racial é mínima. “Isso requer medidas. E a medida mais adequada se chama ação afirmativa, que pode incluir ou não cotas, mas que é muito importante“.

 As universidades federais e institutos tecnológicos destinaram 12,5% das vagas para alunos de escolas públicas e um percentual para estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, e o número vem crescendo. Alcançou 37,7% neste ano e tende a chegar em 50% de vagas para cotistas em 2016.

exemplo-de-distribuicao-de-

Fonte: G1

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES