NET decide demitir funcionário que assediou cliente por Whatsapp

A empresa NET divulgou nota oficial na imprensa para informar a demissão do funcionário que usou os registros de uma cliente para pegar o seu número de telefone e assim, assedia-la por Whatsapp.

Também, por nota oficial, a NET informou que abriu um boletim de ocorrência contra o funcionário para que o caso seja investigado na esfera criminal.

Entenda o caso:

Após conversa com funcionário de uma empresa de canais fechados, a jornalista Ana Prado registrou queixa após receber uma mensagem da pessoa que a atendeu.

O atendente dizia: “Olá, desculpa, mas ouvi sua voz hoje e fiquei curioso, rs”. A jornalista tentou se defender dizendo que aquilo era invasivo e poderia lhe render um processo, mas teve sua resposta ironizada.

“Me desculpe por ter seu celular gravado no meu, ver sua foto e lhe dirigir a palavra, mas não vou tirar seu número […] Caso queira me processar, fique a vontade, terei o prazer de ganhar a causa.”; respondeu de forma irônica o atendente.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES