Rede noturna de ônibus divide usuários de São Paulo

Recentemente diversas linhas de ônibus passaram a circular durante as madrugadas em São Paulo. A medida foi tomada pela prefeitura da cidade e tem dividido opiniões.

Há pessoas como o estudante Raphael Lima, 32, que acredita que a ação é um benefício e facilita a vida dos moradores da cidade. “Antes, se a balada não estivesse boa e eu quisesse voltar para casa, tinha que pagar uns R$ 70 de táxi”, afirma em entrevista à Folha.

Mas como nem tudo são flores, há quem acredite que a medida não é efetiva e só atrapalha, como o ajudante de serviços gerais José Otaviano de Paiva, 58, que não aprovou a mudança.
Antes do início da rede da madrugada, Paiva pegava dois ônibus para chegar ao trabalho e, agora, por conta do remanejamento de linhas, são três. Com isso, diz que sai uma hora antes de sua casa. “É uma mudança atrapalhada. Em vez de melhorar, atrapalha”, afirmou também à Folha.

E você, o que acha disso?

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES