SP a 50 por hora: Velocidade no Corredor Norte-Sul também vai cair

Se para o motorista de São Paulo a redução da velocidade nas Marginais Tietê e Pinheiros já está causando transtorno, é bom ele se preparar, pois mais reduções vão acontecer. A partir de setembro, o Corredor Norte-Sul, um dos mais importantes da cidade, também terá máxima reduzida.

A velocidade na via vai cair de 70 km/h para 60 km/h , e nos trechos com faixas exclusivas de ônibus a máxima será de 50 km/h. A medida vai abranger as Avenidas Interlagos, Washington Luiz, Rubem Berta, Moreira Guimarães, 23 de Maio, Tiradentes, Prestes Maia e Santos Dumont.

Mas a mudança não preocupa só os motoristas. Os taxistas, que utilizam o Corredor como principal via de acesso ao Aeroporto de Congonhas, criticaram e muito a medida. Segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo (Sinditaxi), Natalício Bezerra, os passageiros do aeroporto nem sempre sabem as regras de trânsito da cidade.

“Quem pega táxi geralmente está com pressa e pede para o motorista ir rápido. Quando o taxista diz que não pode andar acima da velocidade, eles acham ruim, não entendem que a Prefeitura está com essa nova política”, afirma. O sindicato e outras entidades já tinham entrado em conflito com a Prefeitura no ano passado, quando os táxis foram proibidos de transitar nas faixas exclusivas do Corredor Norte-Sul.

Outra mudança na cidade de São Paulo, é que, mais vias terão a velocidade máxima reduzida: as Avenidas Aricanduva e Jacu-Pêssego, na zona leste da capital. A partir do dia 3 de julho, passa a valer o limite de 50 km/h, substituindo a máxima de 60 km/h.

bike

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES