Conheça a câmera que dispensa o pau de selfie, e se comunica com o celular por bluetooth

A câmera Podo, que buscou financiamento coletivo, já conseguiu quase 100% a mais do valor solicitado para seu lançamento.

Podo

Desde que os smartphones colocaram câmeras descentes no bolso de todos os seus usuários, virou regra tirarmos fotos com amigos quando saímos, para eternizarmos aqueles momentos especiais.

Em muitos casos temos que pedir a um estranho para tirar a foto ou esticar bem o braço para enquadrar várias pessoas na tela do celular. Num evento corporativo é comum juntarmos os colegas de trabalho para uma foto que posteriormente será compartilhada nas redes sociais.

A Podo procurou combinar todas essas experiências com sua compacta câmera, cujo projeto foi lançado ontem no Kick Starter (site de financiamento coletivo onde pessoas-físicas investem para tornar um projeto realidade). Do tamanho próximo ao da GoPro, que pode ser tranquilamente levada no bolso, ela tem uma base auto-colante e inclinável que torna qualquer superfície um suporte para suas fotos.

Capaz de colar em vários materiais – foram testados entre outros materiais: madeiras, vidros, cimento – a câmera Podo torna sua experiência fotografia online, já que a câmera se conecta por bluetooth em seu celular para enquadrar, fotografar e compartilhar as fotos.

Vídeo postado no site Kickstarter para divulgação do projeto.

O timer (contagem regressiva para o clique) nos permite setar um tempo para criarmos uma boa composição para a foto, e uma série de LEDs em volta da lente indica o momento em que a Podo tira a foto. A imagem então é enviada diretamente ao telefone instantaneamente, se em baixa qualidade, ou em alguns segundos, se configurada para a máxima capacidade de câmera, de 8-megapixel.
Apesar da câmera ser capaz de filmar em 720p, não a recomendo para ser usada como uma câmera de ação (como a GoPro), pois sua bateria com duração de 2h e sua capacidade de armazenamento de 4GB são mais usuais para aquelas fotos em eventos.

O seu preço é um dos mais baratos entre as câmeras de ação (perdendo somente para a da fabricante chinesa Xiaomi, ). Os primeiros financiadores puderam levá-la por U$79 e o preço do mercado será de U$99. A câmera ainda não tem previsão de lançamento no Brasil e financiadores brasileiros, infelizmente, terão que solicitar o envio de sua câmera para outro país, pois o nosso não está na lista.

Além do tamanho compacto, o preço baixo faz dessa câmera a melhor escolha para as fotos divertidas dos amigos. E, cá entre nós, desde que estejamos em um lugar com uma superfície aonde possamos colar nossa câmera, é mais conveniente e menos “estranho” usá-la do que que utilizar um pau de selfie.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES