Teclados de computador podem ajudar a diagnosticar o mal de Parkinson

Não é fácil identificar o mal de Parkinson quando a doença está em seus estágios iniciais, mas um grupo de pesquisadores pode ter encontrado uma forma de ajudar a diagnosticar pacientes com a doença usando teclados de computador.

Os pesquisadores do MIT são responsáveis por um estudo que pretende mostrar que pessoas com problemas nas funções motoras têm um padrão de digitação diferente de pessoas “saudáveis”. Eles querem provar que pacientes de Parkinson pressionam as teclas por mais tempo, e para isso desenvolveram um sistema que monitora o tempo de pressionamento do teclado.

Quando uma pessoa começa a apresentar os sintomas de Parkinson, o paciente já está em estágio avançado de danos cerebrais. Identificar a doença mais cedo significa facilitar o tratamento, possibilitando a criação de estratégias para retardar o avanço dos sintomas nas funções motoras.

A pesquisa ainda precisa ser validada por estudos mais aprofundados com pessoas em diversos estágios da doença antes de se cogitar a ideia de realmente usar o sistema para diagnosticar o mal de Parkinson.

Redação Metropolitana

Redação Metropolitana

Redação em METROPOLITANA FM
Somos a Metropolitana com muito Yes pra você! 98.5 FM
Redação Metropolitana

Deixe seu comentário

NOVIDADES